Why would anyone need a P.T.?

Looking at things with the proper distance is a very interesting and somewhat peaceful exercise… specially, when you meet certain people.

I met Kathy about 2 years ago (2 or 3? not totally sure…) during a friend's birthday dinner. And Kathy is the kind of person that... let's just say... she's memorable (meaning: it's not one of those people you meet and forget a few days later). During that dinner, we had a great time, laughed as hell, but I never thought she would be the kind of person I would keep in touch regularly and I would never have guessed that she could even help me with an issue I’ve had in my back during these last years.

I did sports during a great part of my life, but then I gradually stopped doing it when I entered the corporate world. I’m sure most of you are familiar with the excuses of being to busy with work or being to tired to go to a gym. Those were the ones I used for myself. Then, a few years of not very healthy routines and sitting on a desk for more than an half of my waking hours, did the rest… and then I found I had my back all messed up. Unfortunately, this is something common to many people these days, but what really bothered me, was the fact that this issue was stopping me from doing things I like. And if you consider that a photographer usually has to carry heavy bags of gear almost everyday, you can imagine how your back reacts...

By now you are probably asking what’s the connection between Kathy and all this bla bla talk about sports and my back… well, it happens that Kathy is a Personal Trainer and I decided to start training with her about a year ago to prevent my back issues from getting worst. I can’t say that my problem is solved, far from it, but I can tell you I can feel the results of what we’ve been doing. There’s still a long way to go, but it feels good to know that I’m actually taking care of it.

And I can honestly tell you, that I’ve always been the kind of guy who disregarded Personal Trainers, in the sense that I thought only athletes or people requiring specific training would need them. Kathy totally proved how wrong I was about that. Having someone correcting your posture and helping you to keep a training discipline, can make a whole difference for you health. 

So, stop complaining about the lack of time and for your health’s sake, reorganize your schedule and find at least 2-3 hours a week (preferably more if you can), to take care of your mind and your body. In the long term you'll appreciate that, and so will people around you ;)

 

  Kathy Pedro

Kathy Pedro

Olhar para as coisas com a devida distância, é um exercício muito interessante e de certa forma, relaxante... especialmente, quando se conhece certas pessoas.

Conheci a Kathy há cerca de 2 anos (2 ou 3? não tenho bem a certeza...) durante o jantar de aniversário de uma amiga. E a Kathy é o tipo de pessoa que... digamos, memorável (ou seja: não é daquelas pessoas que se conhece e rapidamente se esquece passados uns dias). Nesse jantar, divertimo-nos imenso, ri-mos até doer, mas na altura não me passou pela cabeça que fosse o tipo de pessoa com quem manteria um contacto regular e menos ainda, que ela poderia ser a pessoa que me poderia ajudar com um problema que tenho nas costas há já algum tempo.

Durante grande parte da minha vida, fiz desporto com regularidade, mas assim que comecei a trabalhar, fui deixando de o fazer (até deixar de todo). Certamente que muitos de vocês estarão familiarizados com as desculpas do estar cheio de trabalho ou estar demasiado cansado para ainda ir treinar. Foi assim que eu racionalizei a coisa para mim. Depois, uns anos de rotinas pouco saudáveis e o facto de passar mais de metade das horas em que estava acordado, sentado em frente a um computador, fizeram o resto... e acabei por descobrir mais tarde, que tinha as minhas costas feitas num oito. Infelizmente, isto é algo comum nos dias de hoje, mas o que me incomodava nesta situação, é que estava a impedir-me de fazer coisas de que gosto. E se considerarmos que, um fotógrafo tem de carregar sacos e mochilas pesadas com regularidade, conseguem imaginar o resultado numas costas já mal tratadas...

Por esta altura, devem estar a perguntar-se qual a relação entre a Kathy e esta conversa sobre desporto e as minhas costas... acontece que a Kathy é Personal Trainer e eu decidi começar a treinar com ela há cerca de um ano, para prevenir que a situação nas minhas costas se agravasse. Não posso dizer que o problem esteja resolvido, longe disso, mas posso dizer-vos que sinto as diferenças. Ainda tenho muito que melhorar, mas é reconfortante saber que estou a fazer por isso.

E muito sinceramente, posso dizer que menosprezava um bocado o papel dos/as Personal Trainers, no sentido em que considerava que apenas atletas ou pessoas que fazem treinos específicos, precisariam deles. E a Kathy acabou por me provar como estava errado sobre isso. Ter alguém a corrigir a nossa postura e a ajudar a manter uma disciplina de treino, podem fazer toda a diferença pela nossa saúde.

Por isso, parem de se queixar da falta de tempo para treinar e pela vossa saúde, reorganizem a vossa agenda e arranjem pelo menos 2-3 horas por semana (ou se possível mais), para tratarem da vossa mente e do vosso corpo. No longo prazo, vão agradecer-se por isso e as pessoas à vossa volta, também ;)