So...you'd like to be a (better) model - part 6

Since this is my own little cybernetic space and to end this series of posts with tips about how to be a (better) model, I decided I could share my own opinions about the subject.

Having worked with pretty much every type of models (fashion, commercial, curvy, alternative…) allowed me to identify some aspects that can easily set apart the good professional models from the ones that still have a lot to learn...

This is not intended to be an extensive or unique list and there is no particular order in it. This is a simple verification of facts I noticed along the years I’ve been shooting.

 

Trust. First of all, you have to trust yourself. If you have a hard time doing that, at least, you'll have to trust the photographer you are working with. You have to trust that the photographer knows what he/she is doing. If you have doubts about which photographers you should trust, ask your bookers or more experienced models.

 

Punctuality. Try your best to show up on time. Yes, the traffic doesn't help and yes, the shooting location may be in the middle of nowhere, but you can predict that, right? So, don't leave your place 15 minutes before the shooting time. And if, for some reason, you run late, send a quick text message or give a call to the photographer or to someone in the team. 

 

Do your homework. You are probably knowing about the shooting shortly before it actually happens, but try to do at least a little research on the person you are shooting with. If you don't have time at home, then pick up your smartphone and visit the photographer's portfolio. And if this seems unnecessary, think about this: what if you don’t like the photographer’s style or if his/her style makes you uncomfortable? If you’ve done your homework, at least you’ll be prepared.

 

Study. If doing 100 poses in a couple minutes doesn't come easy for you, train at home. Look at the international top models, look at their portfolios, search for making of videos, see how they move, how they pose. Study them! Some photographers will want to direct you during most of the shooting. But other photographers are open to trying different poses and if you know your body and your expressions, then you can take things to another level, while posing. A good result doesn’t depend entirely 100% of the photographer.

 

Understand the light. Photography is made of light. And no, you don't need to know the technical stuff, but a good model knows where the light is coming from. During a shooting, there may be different light sources pointing at you, and knowing which one is the main light, it's important. Unless you are told otherwise, a model should avoid turning completely away from the main light. And if you don't know where the main light is, just ask! There is no arm is asking questions ;)

 

Be prepared. The image bellow, wasn’t chosen randomly. I chose this photo because I think it illustrates perfectly what I mean with “be prepared”. The photo was taken on the backstage of ModaLisboa (Lisbon Fashion Week), and I didn’t know these 3 specific girls. I knew they were models, but I had never spoken to them before. They were just there in the backstage, waiting for their fittings and I asked if I could take a quick photo of them. They kindly accepted, I did 3 or 4 clicks and in all of them, they looked great. They were ready, they knew how to react when someone asked them to take a photo, they instantly posed/interacted with each other and not individually. They were prepared!

 

Don't post unedited photos. It may happen that a photographer will send you some images before being retouched. You shouldn't post those without his/her permission. I understand that you are super excited to show the world what you've been doing, but publishing those will do you no good, nor the photographer. Some photographers probably won't mind, but most fashion photographers consider that the work is finished only after retouching. And if the photographer intends to send those photos to some publication, then, having them online before that, can totally jeopardize a future publication. Once again, when in doubt, ask first!

 

No filters, please! Why exactly do people put filters on photos that have been carefully retouched by professionals? Photographers and retouchers spend years studying, training and improving their skills, so when they send you a final image, that's how it is supposed to be used. Applying a filter over it is as annoying as disrespectful. Please, keep the filters for your holiday pictures and selfies.

 

Taggs. You have the final photos and you're ready to post. It's common courtesy to tag people who contributed to make that image. So, don't forget about the photographer who shot it and retouched it, the make up artist who made your skin look wonderful, the stylist who dressed you up, the person who take care of your hair, etc etc. I know it's your face and body on the photo, but I'm sure you can acknowledge the effort other people have put into making that image. 

 

If you liked this post, you may also be interested in the previous ones of this series:

  Inês, Gabriela and Maria from We Are Models

Inês, Gabriela and Maria from We Are Models

 

Já que este é o meu "cantinho cibernético", pareceu-me adequado encerrar esta série de posts sobre ser (melhor) modelo, com a minha própria opinião.

Tendo fotografado praticamente todo o tipo de modelos (moda, comercial, curvy, alternativa…), permitiu-me identificar uma série de aspectos comuns, que permitem distinguir os/as bons profissionais, daqueles/as que ainda têm muito a melhorar.

Isto não é suposto ser uma lista extensiva e nem tem qualquer ordem em particular. Trata-se de uma simples constatação de factos com que me tenho deparado:

 

Confiança. Primeiro, é importante confiarem em vocês próprios/as. Se têm dificuldade em fazê-lo, então devem pelo menos, confiar no/a fotógrafo/a com quem estão a trabalhar. É importante confiarem que o/a fotógrafo/a sabe o que está a fazer. Se têm dúvidas sobre em que fotógrafos/as devem confiar, perguntem aos vossos/as bookers ou a modelos com mais experiência.

 

Pontualidade. Esforcem-se por serem pontuais. Sim, o trânsito é sempre tramado e o sítio onde vão fotografar pode ser no meio de nenhures, mas vocês já sabem disso de antemão, certo? Então, não saiam de casa 10 ou 15 minutes antes da hora combinada. E, se por alguma razão se atrasarem, tenham o cuidado de enviar uma mensagem ou dar um telefonema ao fotógrafo/a ou a alguém da equipa, a avisar.

 

Trabalhos de casa. Muitas vezes, só vos avisam do shooting na véspera, mas tentem ver algum do trabalho da pessoa com quem vão fotografar antes. Se não tiverem tempo em casa, peguem no vosso smartphone e espreitem o portfolio do/a fotógrafo/a. Imaginem que não gostam ou que se sentem desconfortáveis com o tipo de trabalho do/a fotógrafo/a em questão? Se tiverem feito o vosso trabalho de casa, não serão apanhados/as de surpresa. 

 

Estudem. Se fazer 100 poses em 2-3 minutos vos parece difícil, treinem em casa. Estudem as top models, olhem para os portfolios delas, procurem vídeos de making of, vejam como eles/elas se movem, como posam. Estudem-nos e tentem perceber porque determinadas poses resultam com umas e não resultam com outras. Alguns fotógrafos preferem dar-vos indicações durante o shooting. Mas outros, estão abertos a experimentar e dão margem aos modelos para isso. Por isso, se conhecerem bem o vosso corpo e as vossas expressões, podem elevar os resultados a um outro nível. O bom resultado de um shooting não depende a 100% do/a fotógrafo/a.

 

Compreendam a luz. A fotografia é feita de luz. E não, não precisam de saber as questões técnicas, mas um/a bom/boa modelo sabe de onde vem a luz. Durante um shooting, podem haver diferentes fontes de luz a apontar para vocês e saber qual delas é a luz principal, é importante. A menos que vos seja dada indicação contrária, o/a modelo deve evitar virar-se ou afastar-se da luz principal. E se não souberem qual é a luz principal ou para onde se devem virar, perguntem! "Perguntar não ofende" 😉

 

Estejam preparados/as. A imagem que ilustra este post, não foi escolhida ao acaso. Escolhi esta fotografia, porque acho que ilustra bem aquilo que quero dizer com “estar preparado/a”. Tirei esta fotografia nos bastidores da ModaLisboa e não, não conhecia as raparigas. Sabia que eram modelos, mas nunca tinha falado com elas antes. Elas estavam ali, à espera de fazerem os seus fittings e enquanto isso, perguntei-lhes se lhes podia tirar uma fotografia. Muito simpáticas, disseram logo que sim, fiz 3 ou 4 clicks e ficaram óptimas em todas. Elas sabiam como reagir neste tipo de situações e como fotografar em grupo. Nenhuma delas fez a típica pose individual, as 3 reagiram em conjunto, sem que eu lhes desse qualquer indicação.

 

Não publiquem imagens sem edição. Pode acontecer o/a fotógrafo/a mostrar-vos alguma fotografia sem estar editada. Não devem publicá-las sem ele/ela vos dar permissão. É totalmente compreensível que estejam desejosos/as de mostrar o que estiverem a fazer, mas publicar imagens que não estão terminadas, não vos favorece nem a vocês, nem ao fotógrafo/a. Há fotógrafos/as que certamente não ligam a isso e não se importarão, mas a maioria dos fotógrafos de moda, consideram que o trabalho está terminado apenas depois do processo de edição/retouching. Além disso, se o/a fotógrafo/a quiser enviar essas fotografias para alguma revista ou site da especialidade, o facto de haverem fotografias que já foram publicadas nas redes sociais, pode por em risco uma futura publicação. Mais uma vez, em caso de dúvida, perguntem primeiro!

 

Não usem filtros, pf! Porque é que as pessoas usam filtros em fotografias que foram cuidadosamente editadas por profissionais? Fotógrafos/as e retouchers passam anos a estudar, a praticar a aperfeiçoar as suas técnicas, por isso, quando vos enviam uma imagem final, é porque é para ser usada como está. Meterem-lhe um filtro em cima, é no mínimo, um desrespeito pelo trabalho de quem passou horas de volta daquela fotografia. Por favor, guardem os filtros para as fotografias das férias e para a selfies.

 

Taggs. Já têm as fotografias na vossa posse e estão prontos/as para as postar. É normal identificar-se ou colocarem-se taggs das pessoas que contribuíram para aquela imagem. Por isso, não se esqueçam do/a fotógrafo/a que a fez, da maquilhadora que deixou a vossa pele impecável, da stylist que vos vestiu, de quem vos arranjou o cabelo, etc etc. Eu sei que é a vossa cara e o vosso corpo que ocupam grande parte da imagem, mas certamente reconhecerão que, sem o trabalho das outras pessoas, aquela fotografia não teria sido possível. 

 

Se gostaram deste post, talvez vos interessem os posts anteriores desta série: